Matupá: Mulher é denunciada por deixar animais acorrentados, sem água e comida em Matupá

A promotoria de justiça do Ministério Público do Estado determinou abertura de um inquérito civil para apurar possível prática de crime de maus-tratos de animais domésticos em uma residência em Matupá (205 quilômetros de Sinop), no último dia 7.  Consta no documento que uma mulher deixou os cachorros no imóvel acorrentados, “sem água e sem comida”.

Ainda de acordo com a denúncia, a acusada chegou no município há pouco mais de 30 dias. Além disso, teria soltado na rua alguns filhotes. Outros estavam presos em um quarto, nos fundos do imóvel, com a porta e janela fechadas. O local exalava forte odor de urina e fezes dos animais.

Por isso, a promotora Rebeca Santana Rêgo requisitou que o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) encaminhe um relatório de busca ativa dos familiares da acusada, a fim de levantar informações sobre eventual enfermidade mental.

A Polícia Civil também deve investigar os maus-tratos.

Só Notícias/Cleber Romero