Guarantã: Um morre e dois ficam feridos após caminhão bater em traseira de moto na BR 163 em Guarantã


Um homem morreu em uma colisão envolvendo um caminhão e uma motocicleta, na BR-163, na entrada da cidade de Guarantã do Norte, na noite da última sexta-feira. Ele foi identificado como Moacir Brizola de Lima, 39 anos.

De acordo o soldado dos bombeiros, Ederson Flávio Wittes, uma mulher, de 53 anos, e uma menina, de 7 anos, estavam na moto e ficaram feridas. “Quando chegamos encontramos uma pessoa já em óbito e duas feridas. A senhora reclamava de dores na região abdominal e na perna. Já a criança estava com dores nas costas e bastante agitado por conta do acidente. Elas foram levadas ao hospital para avaliação mais detalhada, mas não corriam risco de morte”.

Segundo informações de um investigador, possivelmente ocorreu uma colisão traseira do caminhão com a motociclista. Com isso, as vítimas foram arremessadas contra o asfalto e Moacir acabou morrendo.

O motorista do caminhão, de 55 anos, não precisou de atendimento. Ele foi detido e indiciado por homicídio culposo no trânsito “Não havia nenhuma marca de frenagem na pista que indicasse uma tentativa de evitar a colisão com a moto. O indiciamos por homicídio culposo (quando não há intenção de matar). Foi arbitrada fianças de R$ 2,8 mil. Se ocorrer o pagamento não será necessário passar por audiência de custódia com o juiz”, disse o delegado de Guarantã do Norte, Waner dos Santos Neves, ao Só Notícias. Não foi confirmado se o motorista foi subimento ao teste do etilômetro (bafômetro).

O local foi analisado pela Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) e o corpo encaminhado ao Instituto Médico Legal para exames de necropsia e reconhecimento oficial. A funerária São Judas Tadeu informou que Moacir trabalhava como tratorista e foi sepultado neste domingo de manhã, em Guarantã.

Só Notícias/Cleber Romero