Guarantã: Motorista de camionete envolvido em colisão é indiciado por homicídio doloso em Guarantã.

O delegado da Polícia Civil de Gurantã do Norte , Waner dos Santos Neves, confirmou que indicou o motorista, de 39 anos, da Dodge Ram 2500 Laramie vermelha por homicídio doloso – quando há intenção de matar – de Anselmo Pedroso dos Santos, 42 anos.

“Lavramos a prisão em flagrante por homicídio doloso, já que assumiu o risco de matar. Estava embriagado, em alta velocidade e na contramão. Ele se negou fazer o (teste do) bafômetro. Agora, é a perícia que vai constatar a velocidade que ele estava”, disse.

O acidente ocorreu, ontem à noite, na MT-419, na região do bairro Cotrel, em Guarantã do Norte.

De acordo com o boletim de ocorrência, Anselmo Pedroso dos Santos, de 42 anos, trafegava em uma motocicleta Yamaha Lander, sentido bairro Cotrel, quando foi surpreendido por um veiculo Dodge Ram 2500 Laramie de cor vermelha, conduzida por S.A.V de 39 anos.

Com o violento impacto, Anselmo Pedroso dos Santos morreu no local e teve grande parte do corpo dilacerado.

De acordo com o perito criminal Rodrigo Bertotti Cazonato, possivelmente ocorreu uma invasão de pista da caminhonete. “Inicialmente teve uma invasão de faixa ocasionado à colisão frontal pela esquerda. O senhor da moto acabou falecendo. Ele teve vários traumatismos e morreu instantaneamente”.

O motorista, de 39 anos, aparentava estar em visível estado de embriagues e acabou preso pela Polícia Militar. Ele foi encaminhado à delegacia de Polícia Civil para as providências necessárias.

O corpo de Anselmo Pedroso está sendo velado na Capela São Judas Tadeu, em Guarantã do Norte, o sepultamento está previsto para as 16 horas.

Por/ O Território