Guarantã: empresário que reagiu e matou assaltante depõe na delegacia e é liberado

O empresário, de 41 anos, foi ouvido pelo delegado de Polícia Civil, Waner dos Santos Neves, entregou um espingarda calibre 32, que deve ser analisado pela Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), depois, foi liberado. Ele é proprietário de uma fazenda e trabalha com extração de ouro em um garimpo em Guarantã do Norte (232 quilômetros de Sinop) e reagiu e matou um assaltante, de 21 anos, que invadiu sua residência localizada no centro, junto com um comparsa, na última terça-feira à noite.

De acordo com informações do boletim de ocorrência, a vítima conseguiu pegar uma arma que estava no imóvel e efetuou os disparos. O acusado chegou a ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros, mas morreu antes de dar entrada na unidade hospitalar.

Consta no documento policial que o homem contou que estava com o cunhado no imóvel quando foram surpreendidos pelos dois assaltantes que pularam o muro. Um dos suspeitos colocou a arma na cabeça dele e mandou que ficasse quieto. Ao entrarem na residência, a vítima se jogou no chão, conseguiu pegar a arma e atirou no assaltante.

fonte: Só Notícias/Cleber Romero